pdf

Título

GESTÃO DE CUSTOS ASSISTENCIAIS: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE SAÚDE

Resumo

Atualmente, a inserção no contexto econômico mundial, bem como a pressão da concorrência regional, vem impondo pressões às organizações do setor de saúde. As estratégias para superar a crise tendem a modificar o sistema de saúde no sentido de dar-lhe maior flexibilidade de gestão e maior estabilidade financeira. O presente estudo tem como objetivo explorar a gestão de custos em uma empresa operadora de planos de saúde, apresentando uma alternativa de mitigação de custos assistenciais. Utilizou-se um comparativo de aplicação do modelo de Estratégia de Saúde da Família - ESF, e sua adequação aos modelos praticados no mercado suplementar. Trata-se de um estudo de caso por meio de uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa. Os resultados gerados pelo novo modelo, utilizando-se da ESF, mostraram que a adoção de alguns preceitos de gestão pública pode ser benéfica ao setor privado no que tange a redução de custos assistenciais das operadoras de planos de saúde e concomitante contribuição para expansão dos programas de prevenção e promoção da saúde definidos pela ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Autores

Eliana Andrea Severo

Darla Silvana Risson Ranna-

Maria Emilia Kamargo

Pelayo Munhoz Olea

Publicação

XI Congresso Nacional de Excelência em Gestão