pdf

Título

FATORES DETERMINANTES A DECISÃO DO IDOSO EM CASO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO

Resumo

A queda na natalidade, avanços da medicina, melhoria na saúde pública elevaram as taxas de velhos, aliado a transformações ocorridas na estrutura das famílias, contribui para o aumento na procura por instituições residenciais para moradia de longa permanência. O estudo analisou os fatores determinantes que levariam as famílias a respeitarem ou não a decisão do idoso, em caso de institucionalização em ILPIs privadas. Através de um estudo descritivo, analítico transversal que, a partir de um questionário estruturado foram entrevistadas 98 pessoas, familiares/responsáveis pelo idoso possível de institucionalização, estas Potenciais Tomadores de Decisão (PTD). A solidão e vontade do idoso, sua maior capacidade funcional, preço da mensalidade compatível com aposentadoria e famílias maiores foram fatores de respeito à decisão do idoso, quanto à institucionalização. Famílias pequenas, viuvez, dependência para AVDs, demências, a dificuldade em deambular, mensalidades superiores à aposentadoria foram os fatores que determinaram não respeito à decisão do idoso em caso de institucionalização.

Autores

Darla Silvana Risson Ranna

Ângelo José Gonçalves Bós

Publicação

XIV Jornada de Inverno da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia - RS